Sendo o tempo o que ele realmente é



Queria que o tempo corresse mais devagar. Que os dias não voassem como um foguete, que os ponteiros do relógio ficassem parados naquela exata hora.

Tempo, sempre ele. Às vezes ligeiro demais, em outros devagar quase torturando nessas mentes.
O tempo que é o Senhor de tudo. O tempo que marca lembranças, memórias. O tempo que dá saudade, deixa lágrimas escorrendo pela nossa face, o tempo que é inimigo em alguns momentos, aliados em outros. O tempo que realiza a cura de tudo aquilo que aconteceu de ruim nas nossas vidas: o orgulho ferido, um amor mal correspondido, um ente querido que nos deixou.

Quem nunca falou a frase “Queria voltar no tempo, para dizer tudo o que eu queria e não perder tempo com besteiras, com criancices”?

Dizem que o tempo é mestre dos mestres, que existe tempo para tudo ou quase tudo: para plantar, para colher, para nascer, para morrer. Fazemos das horas, dos minutos a nossa desculpa para fugir de compromissos chatos, de pessoas que acabamos por considerar chatos, para faltar a escola, enrolar nas atividades mais simples.

Não podemos mais agir assim. A vida que nada mais é que um sopro do tempo precisa ser vivida da sua melhor forma.

Que possamos aproveitar mais esses momentos juntos, sendo autênticos, sinceros. Por mais discussões (no sentido de crescimento mesmo), por mais risadas, por mais resenhas, por mais momentos de orações, por encontros com um horário estendido. Por mais tempo aproveitando os sabores dos bolos, sucos de frutas, revendo fotos antigas.

O que passou ficou no passado. Não podemos ficar presos a casos, problemas antigos. A cada dia temos a possibilidade, a oportunidade de sermos diferentes.

Use o tempo ao seu favor, da maneira que julgar. Seja feliz, ame, ria, viaje, veja o pôr do Sol, a Lua, as estrelas. Diga o que sente, sem esperar nada. Seja o consolo, a alegria, o riso.

Jamais deixe de dizer para aqueles que amamos a célere frase Eu te amo, dê um abraço, mande uma mensagem. Aproveite todos os momentos. Precisamos ser o conforto uns dos outros.

Parece clichê, mais não é.

Como disse acima, queria que o tempo corresse mais devagar. Talvez fosse possível aproveitar mais, fazer diferente. Será mesmo que seria diferente?
Recebemos o “tempo” necessário para aproveitar todos os momentos. Não é possível apertar o botão para reiniciar. Então que aproveitemos as pessoas que estão nas nossas vidas. Depois, ficam só as lembranças, saudade, nostalgia.

Se você percebeu, a palavra tempo está inserida no texto inúmeras vezes. Não por falha desta jornalista, mas, para que entendam que todos os momentos vividos deixam marcas, criam estórias. Por isso, esse clamor para que aproveitem mais.

Afinal, o significado de tempo pode ser relativo, diferente para cada um.
Então, posso te dá um conselho?
Viva, se permita, o tempo é todo seu. Seja feliz e jamais se esqueça de interpretar o tempo sendo o que ele realmente é: seu melhor amigo.

Imagem : Pixabay (https://pixabay.com/pt/g%C3%B3tico-fantasia-escuro-mulher-2910057)

Beijos pessoas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA DE IEMANJÁ

Coquetel marca lançamento da Arquiteta Thais Fonseca como Instablogger de Decoração

Prepara!!! O novo Coletivo Minissaia chegou!