Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Outros

Encontro empodERA reúne time de Mulheres poderosas em Salvador

Imagem
Evento promete um dia inteiro de debates com empresárias, jornalistas, coachings e pesquisadoras.

Dia 22 de outubro, das 10h às 17h, o Shopping Boulevard 161 – Itaigara, será invadido pelo empodERA, encontro especial de mulheres para networking, desenvolvimento da equidade entre gêneros, empoderamento, descobertas sexuais, diálogos de poder e estímulo à autonomia feminina. Entre os nomes confirmados, a apresentadora Lise Oliveira, as jornalistas Érica Saraiva, Naiana Ribeiro e Mônica Carvalho, a Superintendente de Políticas para as Mulheres Mônica Kalile e a Doutora em linguística Jana Viscardi. O projeto, assinado pela jornalista e educadora sexual Aline Castelo Branco - Mundo da Intimidade, em conjunto com o relações públicas e produtor Rodrigo Almeida - Coletivo Minissaia, revela que há um nicho forte para diálogos produtivos, conquista de espaços, descobertas sexuais, networking e fortalecimento da autoestima. Com programação única, o empodERA promete um dia inteiro de debates, capac…

Resenha - Livro Jornalismo 2.0 Como sobreviver e prosperar

Imagem
Oi gente! Saudades de vocês!!
Esta semana, o livro que escolhi para ler, tem tudo haver com o meu projeto de vida:  Jornalismo digital. A leitura do livro Jornalismo 2.0 - Como sobreviver e prosperar, do autor Mark Briggs traz dicas, orientações para aqueles que precisam sobreviver nesta nova era da informação, o chamado Jornalismo 2.0. A internet tornou-se uma espécie de porta -voz absoluto de conhecimento, informação. Quanto mais aprendemos, mais fascinados ficamos. Adorei a temática apresentada. De fácil leitura, o autor consegue transmitir aquilo que se almeja: explicar e ajudar profissionais que sentem alguma dificuldade para escrever para a internet. Uma pena que o livro foi escrito em 2007 e sem nenhuma atualização. Mas, pode ficar tranquilos (as), o projeto em sim consegue dar conta do recado. O livro é dividido em 11 capítulos, epílogo e um apêndice sobre o roteiro de um filme sobre uma família sobrevivente do furacão Katrina. Contém gráficos, textos destacados que auxiliam no ente…

Mais uma edição do Coletivo Minissaia

Imagem
Evento realizado em Itapuã reuniu blogueiras baianas para falar sobre o papel da mulher na sociedade.



Nada como um dia de muito sol para reunir blogueiras, formadoras de opinião em evento mais que maravilhoso em Itapuã. Foi assim no último sábado, dia 17/09. Idealizado pelo Coletivo Minissaia (@coletivominissaia) e com a participação das blogueiras, Sarah Oliveira (@as_peripecias), Vanessa Ventura(@beliciablog), Natália Paes (@aurora.acf) Luana Camarão (@camaraoluana), Andressa Rossado (@saborcereja) e Rafaela Santos (@caracoismeusblog), falamos para um grupo de mulheres que estavam trabalhando e até as que estavam visitando, a Feira A Miscelânea (a_miscelanea), localizado dentro do Hotel Mar Brasil.
Com a apresentação de Rodrigo Almeida (idealizador do Coletivo) apresentamos nossos projetos profissionais além de temas pessoais, algo que aconteceu em nossas vidas que despertou esse desejo de querer ajudar outras pessoas (não importa o gênero), assim como temas que retratam o universo …

Tatuagem: Pura expressão de arte viva

Imagem
Por que marcar o corpo com desenhos permanentes fascinam tanto as pessoas?
Até então, tatuar o corpo era motivo de discriminação, motivo para perder e até mesmo dificuldade para encontrar emprego, além de causar brigas em casa com os pais.

Antigamente, a visão de um homem tatuado, quase sempre vinha acompanhada de certezas ou opiniões de que “o cara” era bandido e por este motivo precisava ser marcado para facilitar a identificação, seja para os “amigos” ou até mesmo a policia. Destaca-se ainda, que a própria igreja não permitia que os fiéis fizessem tatuagem, relatando uma passagem da Bíblia, conforme se vê: Livro Levíticos - “não façais incisões no corpo por causa de um defunto e não façais tatuagem”. 

Hoje, não mais é assim (ou melhor, não é tão aparente a dificuldade apresentada pelos tatuados).

Os meios de comunicação ajudam a propagar a imagem de pessoas tatuadas, facilitando a aceitação do referido grupo na sociedade. Algumas emissoras mostram apresentadores, repórteres com algum d…